• Ana Paulaº Lappoñi

COMO A VENTOSA FUNCIONA? UMA TERAPIA CONTRA INFECÇÕES E INFLAMAÇÕES!

Hoje eu vou explicar como funciona a ventosa, uma das terapias mais usadas na Medicina Tradicional Chinesa. Ela ficou bastante conhecida na Olimpíada de 2016, quando o nadador Michael Phelps apareceu um dia com vários círculos roxos nos ombros e nas costas.





Muita gente se perguntou: "Mas o que é isso? Será que são hematomas? Será que dói?"


É o que eu vou te contar em detalhes a partir de agora. E já sabe: ficou com dúvidas, fale comigo. É só clicar aqui e mandar uma mensagem.


Como a ventosa funciona: o começo de tudo!


Para explicar como a ventosa funciona, é preciso, primeiro, deixar claro que o procedimento é bem simples. Consiste no uso de copos de vidros ou até potinhos de comida para bebê (já usei uma vez e deu super certo) para, literalmente, sugar as impurezas do músculo.


Também existem copos próprios para isso, inclusive de plástico, que podem ser facilmente adquiridos numa loja.


Quando o copo é colocado no ponto do corpo que está com dor e que precisa ser tratado, ali é criada uma região de vácuo que pressiona a pele, fazendo uma espécie de sucção que deixa parte dela roxa. A mudança de cor é provocada pela equimose, que é o sangramento que acontece no tecido subcutâneo quando há ruptura de alguns capilares sanguíneos.


A pressão negativa feita pela ventosa sobre a pele aumenta a oxigenação dos tecidos e permite a liberação de toxinas do sangue e do músculo com mais facilidade. Longe de provocar dor, a sensação é de relaxamento.




Em que situações a ventosa é indicada?


A ventosa é um recurso que funciona muito bem quando há alguma inflamação, para eliminar infecções, aliviar a dor, dispersar calor, eliminar umidade ou vento. Sabe o efeito daquele ar frio do ar-condicionado no pescoço, provocando contratura muscular? A ventosa é a solução para esse problema.


Está entendendo como a ventosa funciona? Então aqui vai mais uma informação preciosa: a terapia também é muito indicada para tratar dores nas costas que apresentam um quadro mais leve, causadas pelas tensões do dia a dia. Neste caso, é comum a aplicação da ventosa deslizante, em que a utilização de um óleo ou creme permite fazer com que a ventosa seja deslizada sobre a região do tratamento, quando a área que precisa de cuidados é maior. Como o procedimento aquece a região, a vasodilatação melhora a circulação local.





Além de beneficiar o metabolismo e eliminar as toxinas, a ventosa aumenta o número de leucócitos. Isso significa que, quando eu aplico a ventosa deslizante nas costas do paciente, estou aumentando também a capacidade de defesa do corpo contra fatores externos.


Uma combinação que dá muito resultado é o uso da ventosa no shiatsu. Eu costumo aplicar muito nos meus atendimentos e sempre dá muito certo - os pacientes aprovam muito!



Como funciona a ventosa e quando ela é a melhor opção?


Deixando de lado a coloração roxa, que muitas vezes pode assustar, a ventosa só tem pontos positivos. Ela é pouco invasiva, fácil de aplicar e não é dolorida. Muita gente reclama, por exemplo, das agulhadas na acupuntura. No caso das ventosas, isso não acontece.


O mais importante é a eficácia. Eu recomendo muito para quem pratica esportes ou faz muita atividade física, porque acho a técnica uma aliada essencial nesses casos.






Feliz Natal e até 2021!


Agora que você já sabe como a ventosa funciona, pode agendar uma consulta. O Ana Paulaº Lappoñi Espaço Terapêutico, minha clínica de acupuntura em Pinheiros, fica na Rua João Moura, 661, conjunto 63, pertinho do metrô Oscar Freire.


Se precisar tirar dúvidas, pode me ligar ou mandar um WhatsApp para (11) 99141-1712.

Também pode clicar aqui e mandar uma mensagem.


Este foi o último texto do blog de 2020. Espero que, ao longo deste ano, eu tenha ajudado você com dicas e informações importantes relacionadas à Medicina Chinesa, apresentando um pouco mais os benefícios dos tratamentos que ela oferece.


Desejo um fim de ano cheio de harmonia e paz interior a todos os leitores que me acompanham aqui no blog! Que em 2021 os sinais que o corpo dá sejam cada vez mais ouvidos para que a gente busque formas de manter o equilíbrio e a saúde necessários para encarar os desafios que certamente aparecerão. E que bom que eles virão - só assim conseguiremos nos superar cada vez mais, não é mesmo?


Voltamos na segunda quinzena de janeiro. Até lá!

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo