• Ana Paulaº Lappoñi

CALORES DA MENOPAUSA: COMO TRATAR OS FOGACHOS?

Os calores da menopausa, na verdade, são do climatério. Fazer essa confusão é muito comum. Menopausa é a última menstruação da mulher, enquanto climatério é o período que antecede e que sucede essa última menstruação. Neste artigo, vamos usar a expressão calores da menopausa mesmo, que é super popular, ou fogachos, o nome técnico usado pelos especialistas em saúde.


Bom, tudo esclarecido, né? Então vamos lá! O que você quer saber é qual é o melhor tratamento para os fogachos. No Ana Paulaº Lappoñi Espaço Terapêutico, nossa clínica de Medicina Tradicional Chinesa em Pinheiros, atendemos muitas pacientes que sofrem com os calores da menopausa. Lendo este post até o fim, você vai descobrir:


- O que são os calores da menopausa?


- Além da menopausa, os fogachos podem surgir em outros momentos da vida?


- Quais são os efeitos dos calores da menopausa?


- Qual é o tratamento da medicina convencional para os fogachos?


- Como os fogachos são tratados pela Medicina Tradicional Chinesa?


- Acredite: os fogachos também afetam mulheres jovens, crianças e até homens!


Se tiver dúvidas após a leitura, clique aqui e fale conosco. Ou Mande um WhatsApp para (11) 99141-1712.


Será um prazer conversar com você e, se for o caso, agendar uma consulta em nossa clínica de terapias orientais em Pinheiros, localizada na Rua João Moura, 661, CJ 63, pertinho do Metrô Oscar Freire.


Calores da menopausa: o que são?


Os calores da menopausa, ou fogachos, são causados pela dilatação repentina dos vasos sanguíneos. São ondas térmicas que provocam suor intenso, que pode ser acompanhado de taquicardia, tontura, dor de cabeça e enjoo. A pele costuma ficar ruborizada, principalmente na face. A mulher sente o corpo quente, mas sua temperatura continua normal, ao redor dos 36,5ºC.


Quando o calor vai embora, surgem tremores e calafrios. Tudo isso ocorre muito rápido, num ciclo de 2 a 4 minutos. Porém, as sensações são tão intensas que o ataque parece durar bem mais tempo. O fogacho é mais comum durante a noite, mas há mulheres que sentem essas ondas de calor várias vezes por dia.


Os fogachos podem aparecer em outros momentos da vida?


Os calores da menopausa são mais comuns antes e depois da última menstruação. Porém, estudos comprovam que 65% das mulheres que passaram por um câncer de mama também são afetadas pelos fogachos.


O percentual aumenta para 90% em mulheres que receberam quimioterapia e terapia hormonal antiestrogênica no período que antecede a menopausa. Os fogachos tornam-se perigosos para as pacientes porque reduzem a eficácia dos tratamentos.


Quais são os efeitos dos calores da menopausa nas mulheres em geral?


Os calores da menopausa afetam a produção das substâncias que controlam o humor e a sensação de prazer, as endorfinas. Isso é um risco para o desenvolvimento de um quadro de depressão.


No começo deste ano, a revista da Sociedade Norte-Americana da Menopausa (NAMS) fez um amplo estudo sobre o assunto. E concluiu que até 70% das mulheres em transição para a menopausa sofrem com a depressão, em diferentes níveis de intensidade. É um percentual elevado, que reforça a necessidade de as mulheres cuidarem com mais carinho desse período da vida, procurando ajuda especializada.


Em 80% dos casos, os calores da menopausa duram um ano inteiro. Algumas mulheres sentem os fogachos por até cinco anos. Outras continuarão com o problema até depois dos 70 anos de idade, mas são casos bem mais raros.


O sobrepeso, o cigarro e o sedentarismo são fatores de risco para o desenvolvimento dos fogachos.


Calores da menopausa: qual é o tratamento?


O tratamento da medicina convencional para os fogachos é a reposição de estrogênio. A técnica provoca efeitos colaterais e, por isso, é recomendada para períodos curtos. No máximo, três anos de aplicação.


Mas nem todas as mulheres podem seguir esse caminho. Ele é vedado, por exemplo, para quem tem histórico de câncer de mama, trombose ou doenças cardiovasculares. E lembra que falamos sobre a relação entre os calores da menopausa e a depressão? Outro tratamento envolve, portanto, o uso de remédios antidepressivos.

É sempre bom lembrar que os fogachos, em muitas mulheres, costumam desaparecer espontaneamente, sem a necessidade de nenhum medicamento.


Qual é o tratamento para fogachos indicado pela Medicina Tradicional Chinesa?


A Medicina Tradicional Chinesa estuda o assunto há mais de dois mil anos. Tempo de sobra para acumular conhecimento que foi sendo aprofundado por especialistas e testado com sucesso numa quantidade incontável de pacientes.


Os fogachos levam a pessoa à transpiração espontânea, principalmente durante a noite. É comum ouvir nas consultas mulheres dizendo que acordaram na madrugada com o pijama molhado de suor e precisaram trocá-lo para voltar a dormir. Na Medicina Chinesa, os fogachos fazem parte de um conjunto de sintomas que acompanham a deficiência do yin do Rim. Pode ser que, além dos calores, elas apresentem também:

- Sensação de calor nas palmas das mãos, plantas dos pés e tórax


- Fácil irritabilidade


- Insônia


- Rubor malar


- Transpiração noturna


- Vertigem


- Zumbido


- Dentes fracos


- Cabelo caindo


- Perda de memória


- Amenorreia (quando a menstruação deixa de vir)


- Fezes ressecadas


- Urina concentrada


- Intestino preso


Em nossa clínica de Medicina Tradicional Chinesa em Pinheiros, tratamos os calores da menopausa nutrindo o yin do Rim e tirando o excesso de calor. Isso é feito com duas técnicas:


- Fitoterapia chinesa


- Acupuntura


A medicina Chinesa pode ser um complemento no tratamento dos calores da menopausa ou pode ser o principal tratamento. Muitas mulheres, por exemplo, não podem fazer uso da reposição hormonal ou não querem esse tipo de recurso terapêutico que envolve substâncias químicas.


Crianças e homens também sentem estes calores como os fogachos?


Quando consideramos que uma transpiração noturna ou diurna e a sensação de calor podem ser sentidas por todos a resposta é sim. Crianças, homens e as mulheres mais jovens também podem sofrer de calores fora de hora. Quem é mãe vai entender o que estamos dizendo aqui: muitas crianças transpiram durante a noite e as mães precisam trocar seus pijamas, não é mesmo?

O tratamento da Medicina Tradicional Chinesa será o mesmo: fitoterapia e acupuntura.


Os sintomas costumam aparecer em pessoas que ficaram doentes por muito tempo, tiveram febre alta ou estão se recuperando de uma gripe forte ou de uma pneumonia. Em nossa clínica de terapias orientais em Pinheiros, já tratamos, por exemplo, crianças com sudorese noturna que foram curadas em poucas semanas com o uso de fitoterápicos.


Fogacho tem cura e nós podemos te ajudar!


Se o fogacho está afetando sua vida e roubando seu bom humor, busque logo um tratamento. Como mostramos neste post, as ondas de calor podem durar anos se você esperar que elas desapareçam normalmente.


O Ana Paulaº Lappoñi Espaço Terapêutico oferece atendimento online e presencial.


Clique aqui e agende uma consulta em nossa clínica de medicina tradicional chinesa em Pinheiros. Ou mande um WhatsApp para este número: (11) 99141-1712.


Nossa clínica de terapias orientais em Pinheiros fica na Rua João Moura, 661, conjunto 63, pertinho do metrô Oscar Freire.

0 visualização

© 2019 por Lu Costa Design