• Ana Paulaº Lappoñi

PROBLEMAS DE PELE: COMO CONTROLAR ACNE, COCEIRA E URTICÁRIA?

Os problemas de pele são ignorados por muitas pessoas. Um cravo aqui, uma vermelhidão ali... “é só esperar que isso passa”. Será? Em minha clínica de terapias orientais em Pinheiros, o Ana Paulaº Lappoñi Espaço Terapêutico, vejo o contrário: pacientes reclamando que não conseguem se livrar do problema. Gente que, de repente, começa a sofrer com acne, coceira ou urticária... e que não compreende como, tantos anos após a adolescência, passa a sofrer com as famosas e indesejadas “espinhas”.


É comum ver algum adulto com acne e brincar: “nossa, você voltou para adolescência”. Mas a verdade é que a visão popular para esse problema de saúde é completamente equivocada. De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a acne atinge 9 em cada 10 adolescentes. Mas também afeta 50% dos adultos.


Uma curiosidade que eu duvido que você saiba, porque raramente é divulgada, é que os jovens sofrem com a acne independentemente do sexo. Mas entre os adultos, 75% dos pacientes são mulheres. Tanto que o problema de saúde recebeu até um nome específico: AMA (Acne da Mulher Adulta).




Problemas de pele: adolescentes X adultos!


Um outro estudo, feito por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), mostrou que a acne se manifesta em diferentes partes do corpo, de acordo com a idade do paciente.


Nos adolescentes, ela se manifesta prioritariamente na testa, no nariz, e na região superior das bochechas. Toda essa área é conhecida como “zona T do rosto”.


Já entre as mulheres adultas, a acne aparece com maior frequência na mandíbula, no queixo e no pescoço, a chamada “zona U do rosto”.


Entre os fatores apontados para esse deslocamento dos problemas de pele de uma área para outra do rosto quando a idade avança estão tabagismo, estresse, dieta não balanceada e obesidade.




Quais são as principais características da acne?


Existem duas principais características comuns em pessoas que sofrem com a acne: pele oleosa e poros abertos com cravos que inflamam, que normalmente estão localizados na maçã do rosto, bochechas, testa, laterais do nariz, queixo e costas.


Outros sintomas são uma leva coceira ou prurido na região da acne, dor no local e sensação de ondas de calor na face. Em algumas vezes, as vesículas se rompem e se infectam, provocando uma vermelhidão mais intensa. Pústulas que são coçadas acabam formando marcas e cicatrizes na região.




Por que os problemas de pele afetam jovens e adultos?


Quem acompanha o meu blog já está acostumado com o palavreado da medicina tradicional chinesa e o significado de cada termo. Mas para você que é novo por aqui, vou fazer um resumo sobre o yang. Na MTC, o yang representa o dia, o sol, o calor, o agito, a criatividade, a expansão. Características muito presentes na personalidade de qualquer adolescente.


Os jovens, portanto, têm uma constituição mais yang. E também estão na idade da transformação hormonal. Tudo isso, somado à alimentação desregrada, com muito fast food, provoca um aumento de calor no estômago que poderá atingir o pulmão e, finalmente, afetar o rosto.





A pele é governada pelo pulmão. O que acontece lá tem reflexo imediato.


E voltando à alimentação, comidas calóricas e picantes parecem atrair problemas de pele também. De acordo com a MTC, o canal do estômago começa na face, logo abaixo dos olhos, passa pela bochecha e segue seu caminho pelo corpo até chegar no pé.


Além desses motivos, a acne também afeta adultos por causa, principalmente, do estresse, de problemas nas relações pessoais e no trabalho. Esse desequilíbrio leva à má alimentação, à falta de exercícios físicos e ao aumento no consumo de bebidas alcoólicas. O calor começa a se manifestar e a acne é uma consequência disso.


Qual é o tratamento para acne recomendado pela medicina tradicional chinesa?


Para tratar problemas de pele como a acne, o tratamento recomendado pela medicina tradicional chinesa consiste em diminuir este calor todo com acupuntura e fitoterapia.


O bacana da MTC é que ela ajuda o paciente a se conhecer e a se perceber. Isso quer dizer que não basta fazer as sessões de acupuntura... é necessário, também, mudar alguns hábitos alimentares e diminuir o estresse. Parece simples, não é mesmo? O difícil é fazer! Mudar um hábito ou uma forma de pensar leva tempo e exige muito treino! Vai valer a pena de qualquer forma!

Quando recebo pacientes com problemas de pele em minha clínica de medicina tradicional chinesa em Pinheiros, faço uma avaliação para identificar todos os sintomas e entender para qual síndrome esses sintomas estão apontando. Também verifico quais alimentos que o paciente tem comido e o nível de estresse pelo qual ele está passando.


Além da mudança da alimentação, costumo sugerir uma prática meditativa ou uma atividade física de explosão como o kung fu ou outra arte marcial. Estas atividades ajudarão a acalmar a mente e a não gerar novas espinhas!


E o que fazer com problemas de pele como coceira ou urticária?




Calma... achou que eu tinha me esquecido da coceira e da urticária, né? São dois problemas de pele que também preocupam muitos pacientes que procuram minha clínica de terapias orientais em Pinheiros.

A coceira que costuma acompanhar a urticária ou alergia pode ter uma característica migratória, ou seja, cada hora coça mais numa região do corpo. Segundo a medicina tradicional chinesa, essa é uma característica de “vento”, que direciona a atenção para o fígado.


Mas não há nada de errado com ele se pensamos com a cabeça ocidental! Na MTC, existe um princípio terapêutico que diz que devemos prestar atenção em sintomas de vento a tratar o sangue do fígado. Quando conseguimos fazer o sangue circular melhor, o “ vento” desaparece e, com ele, a coceira tende a ir embora também. Nesse caso, a acupuntura e a fitoterapia costumam dar conta do tratamento.


Você sofre com acne, coceira ou urticária?


Se você tem qualquer dúvida sobre esses problemas de pele, pode clicar aqui e enviar uma mensagem. Eu responderei assim que for possível. Terei o maior prazer em ajudar. Talvez sua situação não seja exatamente como a relatada aqui no post, e você precise de uma orientação. Pode recorrer ao meu apoio, sem nenhum problema. Este blog existe para isso: informar e ajudar!


Se preferir, pode me ligar ou mandar um WhatsApp para (11) 99141-1712.





O Ana Paulaº Lappoñi Espaço Terapêutico, minha clínica de acupuntura em Pinheiros, fica na Rua João Moura, 661, conjunto 63, pertinho do metrô Oscar Freire.


Uma última dica: não espere que o problema de pele desapareça sozinho. Você não sabe o que está por trás da enfermidade. Qualquer alteração em nosso corpo, por menor que seja, precisa ser investigada. Sempre! É assim que você terá mais saúde e qualidade de vida!


Até a próxima!

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo