• Ana Paulaº Lappoñi

MEU FILHO NÃO DORME! O QUE EU FAÇO?

Primeiro, minhas condolências. Eu sei o que você está passando. Muito tempo atrás eu é que pesquisava por “meu filho não dorme” no Google. Filho não, filhas. Tenho duas: a Sofia, de 10, e a Catarina, de 13 anos.

Não é nada fácil trabalhar o dia inteiro, cuidar da casa e, na hora que o soninho chega, não poder dormir porque há uma criança agitada falando, brincando, querendo ver TV, pedindo um lanche, implorando para ouvir uma história! Ufa... só de lembrar já dá um cansaço!



Saiba que o problema não é apenas aí no seu endereço! Com a pandemia do novo coronavírus, a minha clínica de shiatsu e acupuntura em Pinheiros tem recebido muitos pais em busca de ajuda para acabar com a agitação dos filhos e conseguir que eles tenham boas noites de sono. Não poderia ser diferente. Se a pandemia deixa a nós, adultos, estressados, imagine o que provoca em crianças e adolescentes!


Meu filho não dorme: o efeito pandemia!


E tem sido assim no mundo inteiro, viu? Tem gente gritando my son does not sleep lá na terra da rainha também!


O jornal britânico The Guardian publicou uma reportagem com um estudo feito por uma clínica especializada em distúrbios do sono, a Millpond, que registrou um aumento de 30% nos pacientes entre 5 e 13 anos de idade, numa comparação com o mesmo período de 2019. Os especialistas disseram ao jornal que as crianças chegam à consulta com sinais evidentes de ansiedade.


Outra pesquisa britânica, feita pelo Journal of Child Psychology and Psychiatry com 2.700 adolescentes detectou alguns problemas trazidos pelo isolamento social:


- 70% das crianças menores de 16 anos vão dormir mais tarde do que o normal;


- 57% delas acordam mais cedo do que o normal;


- 74% estão mais dependentes de tecnologias como smartphones, tablets e videogames.


Então antes de pegar o telefone e me ligar, nervosa, dizendo “meu filho não dorme”, calma... é um problema generalizado e a solução é bem simples!


“Então, por qual motivo exato o meu filho não dorme”, você deve estar se perguntando...


Existem diversos motivos para uma criança ficar mais agitada. Um deles é a falta de atividade escolar. Seu filho não se desloca até o colégio, não brinca com os amigos, não faz educação física, não gasta energia...

“Meu filho não dorme por alguma outra razão, porque ele tem aula sim. São 7 horas por dia no computador estudando”.




Bom, esse é outro motivo. O cérebro fica ligadão com os estímulos visuais das telas dos dispositivos eletrônicos. A luz interfere diretamente na produção do hormônio do sono, a melatonina.


O cérebro tem uma glândula que manda o corpo dormir!


O nosso cérebro tem uma estrutura de apenas três centímetros chamada de glândula pineal. A função principal dela é controlar o relógio biológico. Ela avisa ao corpo que é hora de desacelerar o metabolismo, relaxar, começar a desligar.


Mas enquanto a criança fica vendo TV ou grudada no smartphone, a luz atrapalha o funcionamento da glândula pineal e ela não dá o comando de “vá dormir” ao organismo.


Por isso, em minha clínica de acupuntura e shiatsu em Pinheiros, sempre recomendo não levar o celular para a cama, para não cair naquela tentação de dar uma espiadinha nas redes sociais.



E você pode até estar pensando que, assim como seu filho, você vê TV, usa o smartphone, lê as notícias no tablet, até joga videogame... e não demora a dormir. Acontece que você é um adulto cheio de responsabilidades e que já passou dos 30 anos (talvez dos 40? 50?). Seu filho é jovem, despreocupado e tem muito mais energia para gastar.


Uma boa dica, portanto, é mudar de hábitos. Se o seu filho deve dormir às 22h, o celular deve ser desligado às 20h. Lá por 21h30 ele já deve estar no quarto, talvez lendo um livro ou revista em quadrinhos, ou brincando com algo que não seja eletrônico. Sei que é difícil... mas tente!


Como a Medicina Tradicional Chinesa lida com essa questão?


A Medicina Tradicional Chinesa pode ser bastante útil em casos onde a mudança de hábitos não foi suficiente e costuma ter ótimos resultados quando combinamos duas técnicas orientais: Tui na e auriculoterapia.




O Tui na é uma massagem chinesa muito usada na China e pouco conhecida no Brasil. Em minha clínica de acupuntura em Pinheiros, aplico uma sequência de Tui na específica para insônia.


E atenção: não importa qual o tipo de insônia. Se o seu filho tem dificuldade de pegar no sono, se tem o sono leve, se para ele é difícil se manter no sono profundo, se tem pesadelos ou noites agitadas.


É uma terapia oriental que funciona muito bem nas crianças. Quando termina a massagem, o relaxamento é visível! Em seguida, utilizo auriculoterapia em pontos sedantes e pronto! Problema resolvido!




Me conta como tem sido as noites das suas crianças!


Se você se identificou com o que escrevi e quer tirar alguma dúvida, ou contar algum caso em particular, pode me ligar ou mandar um WhatsApp para (11) 99141-1712.


Também pode clicar aqui e mandar uma mensagem.


Falei aqui de casos gerais, comuns, porém existem situações mais específicas, raras... e talvez você não tenha encontrado em meu texto a resposta para o que está precisando entender.


Então, pode perguntar. Pode deixar sua mensagem nos comentários aqui do post ou, como eu disse, falar comigo em particular.





Eu espero que estas informações tenham sido úteis para você. Meu compromisso é com o resgate do bem-estar e da qualidade de vida das pessoas.


O Ana Paulaº Lappoñi Espaço Terapêutico, minha clínica de acupuntura em Pinheiros, fica na Rua João Moura, 661, conjunto 63, pertinho do metrô Oscar Freire.


Até a semana que vem!

18 visualizações

© 2019 por Lu Costa Design